Blog

Sobre o documentário InnSaei

Já faz um tempo que eu e a Mohine, minha psicóloga parceira, estamos querendo escrever sobre esse documentário. Já vi 2 vezes e recomendo para todos.

InnSaei é uma filosofia islandesa, que promove a conexão das pessoas por meio da empatia e da intuição.

O nosso cenário hoje é composto por muitas pessoas infelizes, desconectadas com o seu corpo e sua mente. Vivemos somente com as nossas cabeças, com a parte racional, e não estamos mais conseguindo acessar nossas emoções.

Dentro da nossa experiência no consultório, eu com nutrição e a Mohine com psicologia, conseguimos facilmente identificar esse padrão em vários pacientes. Parece que construímos uma linha imaginária, bloqueando a cabeça do corpo. Uma desconexão com nós mesmos, com outras pessoas e com o mundo ao redor.

A verdade é que somos MUITO mais complexos do que pensamos. Uma estrutura composta por corpo, mente e espírito. Sob pressão, tendemos a focar nossas ações somente no lado mais racional. Então, como vivemos a maior parte do tempo desse jeito, sem tempo, atarefados e estressados com a “correria” do dia a dia, quem se importa em olhar para a sua estrutura mais complexa?

O problema é que, na medida em que deixamos de acessar o nosso interior, deixamos de usar nossas maiores e melhores capacidades, entre elas, a nossa intuição. Em um nível superior, todas as decisões que tomamos são intuitivas. E atualmente elas estão virando um processo automático, superficial.

Com a dominação do pensamento racional, além de sufocar nossa intuição, também estamos ficando menos criativos, menos sensíveis. Ficamos presos à logica, extremamente focados, sem fluidez e com uma visão restrita.

Como dito no documentário, "A intuição não é somente um sentimento rosa e fofo, é a tomada de consciência das coisas sutis, que estão fora do foco de atenção." São as coisas implícitas. Na comunicação entre as pessoas, por exemplo, a maioria das coisas está implícita. Já parou para pensar nisso?

A conexão digital aumentou, mas surgiu umadificuldade de se conectar de VERDADE com o mundo ao redor, de olhar no olho do outro, de se colocar no lugar da outra pessoa. Ficandoquase impossível exercitar a empatia, uma vez que tudo acaba em selfie.

Essa escassez de emoções no dia a dia causa distanciamento entre as pessoas. Quando foi a última vez que você esteve realmente presente num encontro com alguém? Esteve entregue, sem olhar WhatsApp, sem distrações. Estava ali inteiro, para o outro! Com que frequência você consegue ficar sozinho? Curtindo sua própria companhia, sabe? Se observando, deixando o barulho de fora e olhando para dentro?

E o que fazer para se reconectar? Observar, estudar e experimentar o nosso redor pode ser uma ideia. O autoconhecimento é fundamental para desenvolver a empatia, quando você se conhece, consegue saber o que sente e saber o que o outro sente. Qualquer atividade que faça você parar, olhar para dentro, sentir o seu corpo dentro e fora, apenas observar o que está passando pela sua mente. Para o lado intuitivo aflorar é preciso deixar o lado do cérebro que é responsável pelos sentimentos e emoções, aparecer. É preciso viver e sentir o “aqui e agora”, podemos desenvolver através de técnicas como meditação, yoga, etc. Além disso, coisas que faça você se conectar com as outras pessoas, com o meio ambiente, com o seu redor.

Não é do dia pra noite que você vira uma pessoa totalmente conectada. A mudança ocorre aos poucos e, cada pequena vitória dentro desse processo deve ser comemorada.

Espero que tenham gostado de mais um texto em parceria! Contem conosco! Beijos, Raquel e Mohine :)


Para entrar em contato com a Mohine: www.mohinearmelin.com

Posts em destaque
Arquivo
Redes sociais
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon

Rua Aimberê, 1731 - Perdizes

São Paulo - SP

Tel: 11.98983.4111

© 2018 by WellMove - Movimento Pelo Bem-Estar. Proudly created with Wix.com